Gemalto investigará denúncia de espionagem da NSA em SIMcards

A Gemalto enviou comunicado à imprensa internacional informando que dedicará todos os recursos necessários para investigar a fundo a denúncia sobre uma suposta quebra da chave de criptografia de seus SIMcards entre 2010 e 2011 por agentes dos serviços de inteligência norte-americanos e britânicos. A denúncia foi publicada nesta quinta-feira, 19, pelo site The Intercept, com base em documentos fornecidos pelo ex-agente da NSA Edward Snowden.

Notícias relacionadas
A Gemalto reconhece que leva "muito a sério" a denúncia, mas diz que nesse estágio inicial de investigação não é capaz de confirmá-la. A empresa afirma que não tinha conhecimento prévio de tais operações realizadas por agentes norte-americanos e britânicos.

A companhia ressalta que é especialmente vigilante quanto a questões relacionadas a segurança e que ao longo dos anos conseguiu identificar e impedir uma série de tentativas de ataques. Porém, ao menos por enquanto, não pode relacionar ataques passados com a nova denúncia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.