Publicidade
Início Newsletter Ouro Preto recebe soluções da IHS camufladas no mobiliário urbano

Ouro Preto recebe soluções da IHS camufladas no mobiliário urbano

Ouro Preto. Foto: Sandra Martins/Wikimedia

A cidade de Ouro Preto (MG) está implantando uma série de soluções de conectividade em espaços urbanos ao lado da operadora de infraestrutura IHS Brasil. A tecnologia embarcada em peças do mobiliário público teria o diferencial de não intervir no patrimônio histórico do município.

Segundo a IHS, as soluções receberam aprovação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) por serem “minimamente invasivas e respeitarem o ambiente que as cerca”. Bancos de praça, floreiras e postes de rua semelhantes a postes de iluminação são alguns dos elementos que acomodam a tecnologia de comunicação no seu interior.

Foto: Divulgação
Notícias relacionadas

Nesta quarta-feira, 15, a IHS Brasil e a Prefeitura Municipal de Ouro Preto assinaram termo autorizando a implantação do mobiliário na cidade. A infraestrutura já viria pronta para ativações de 5G e poderá ser oferecida para utilização pelas operadoras móveis que atuam no varejo.

“Como uma das maiores desenvolvedoras de infraestrutura compartilhada de comunicações do mundo, a IHS tem sempre se dedicado a fornecer a operadoras e ISPs as melhores condições de operação, seja em ambientes de difícil acesso, seja, como no caso de Ouro Preto, em áreas com limites para a implantação de novas estruturas de telecom”, afirmou o CEO da IHS Brasil, Michel Levy, ao comentar a parceria.

Foto: Divulgação

Já o secretário de Desenvolvimento Econômico da cidade mineira, Felipe Guerra, destacou a compatibilidade da tecnologia com as peculiaridades do local. “Ao mesmo tempo em que é reconhecida como um dos conjuntos arquitetônicos e históricos de maior valor para a humanidade, um dos principais destinos turísticos do Brasil, a cidade de Ouro Preto oferece a seus habitantes, visitantes e empresas o que há de mais avançado em tecnologia, provando que valorizar seu patrimônio e ser uma cidade inteligente são coisas que caminham juntas”.

A cidade de Ouro Preto foi declarada Monumento Nacional em 1933, tombada pelo IPHAN, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1938 e declarada pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade em 1980.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile