Cinterion, ex-divisão da Siemens, inicia operações no Brasil

A fabricante de módulos de interconexão M2M (machine to machine) Cinterion Wireless Modules iniciou neste mês operações no Brasil como empresa independente. Ex-divisão de módulos sem fio da Siemens, a empresa foi adquirida em março deste ano por um grupo alemão de investidores, entre eles um fundo de investimentos da Deutsche Telekom. Presente no Brasil desde 2001, iniciou fabricação local em 2003, em Curitiba (PR) e conta com apenas mais uma fábrica em Leipzig, na Alemanha, que produz 14 tipos de módulos e 10 milhões de unidades por ano, com receita de 200 milhões de euros.
A crise econômica mundial não afetou os planos da companhia no Brasil. Aqui a produção continuará terceirizada com a Siemens para a fabricação de 1 milhão de módulos por ano de três modelos – MC39i, TC63 e TC65. "São voltados para o rastreamento logístico de veículos, mobile payment e monitoramento de saúde, mercados que estão sempre em crescimento", diz o diretor executivo da Cinterion, Eduardo Casagrande. Ele informa que a empresa cresceu 100% anualmente nos últimos quatro anos e prevê continuar nesse ritmo. "No Brasil planejamos dobrar a capacidade de produção para 2 milhões de módulos em 2009 e investir em uma nova linha para a produção de um quarto módulo em Curitiba", afirma. Segundo Casagrande, a empresa detém 70% do mercado de módulos M2M no Brasil e 35% no mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.