DTHi reposiciona produto e encerra a oferta do Você TV

A DTHi, que opera TV por assinatura via satélite, está descontinuando a oferta do Você TV, pacote desenvolvido em 2006 em parceria com a Telefônica. Esse produto permitiu à tele espanhola a sua entrada no mercado de TV paga antes de iniciar operações com sua própria licença de DTH. Ao mesmo tempo, a parceria deu novo fôlego para a DTHi, que chegou a ter quase 150 mil assinantes. Hoje, no entanto, são cerca de 20 mil clientes.
O foco da DTHi a partir de agora será o produto com preço fixo pós-pago ou na modalidade pré-paga. A partir do dia 7 de agosto, a oferta da DTHi se restringirá a um único pacote com os canais ESPN, ESPN Brasil, TNT, TCM, Space, Isat, Infinito, Boomerang, Cartoon Network, Disney Channel, Jetix, Playhouse Disney, Tooncast e Woohoo, além da TV Diário, de Fortaleza, por R$ 39,90. Se o cliente quiser optar pelo pagamento pré-pago, o valor é de R$ 14,90 por semana ou R$ 24,90 por quatro finais de semana consecutivos. A comercialização é feita pela Internet, telefone ou casas lotéricas.
Na carta enviada aos assinantes do Você TV, a DTHi informa que não renovou alguns dos seus contratos de programação e que os atuais clientes terão seus contratos revisados, ou podem fazer o cancelamento sem ônus. A operadora dá ainda o telefone de outros operadores de TV por assinatura no Estado de São Paulo caso algum dos clientes queira procurar outro provedor.
Volta às origens
Segundo Hélio Barroso, presidente da DTHi, a estratégia é uma volta às origens da empresa, que em 2004, ainda com o nome de Astralsat, lançou um produto de baixo custo, pré-pago. "Agora pretendemos fazer a mesma coisa, mas sem cometer os mesmos erros". A primeira mudança é tecnológica. A DTHi conseguiu dois transponders em banda Ku no satélite Telstar 14/Estrela do Sul, da Telesat, que fica em posição orbital próxima ao StarOne C2, onde estão os principais conteúdos de TV aberta no satélite. Segundo a empresa, com uma adaptação do LNB por meio de um disco escalar duplo, a DTHi consegue oferecer ao usuário de parabólica na banda C do C2 a possibilidade de receber, na mesma antena, o sinal em banda Ku do Estrela do Sul. O set-top da DTHi, fabricado pela Visiontec e com acesso condicional da Irdeto, recebe os sinais analógicos, digitais não-codificados e os codificados com os canais pagos da operadora, por isso a expectativa da empresa é ter um produto pago para os 20 milhões de usuários de parabólicas, com o diferencial que a mesma antena serve para tudo, o que permite a recepção de 30 canais de TVs abertas, 14 canais abertos digitais e mais cinco canais públicos, além dos canais pagos. A atuação preferencial da empresa será nas cidades com menos de 200 mil habitantes, onde não há TV a cabo, e para usuários de classe C.
É uma estratégia parecida à da Embratel com seu serviço de DTH, com a diferença que nesse caso a tele transmite os seus sinais no mesmo satélite C2.
Regionalismo
Em termos de programação, a DTHi privilegiou a oferta de canais infantis, pois detectou que essa é a principal demanda do assinante classe C além dos canais abertos. Outra aposta é na oferta de conteúdos que atraiam públicos que tenham migrado de uma região para outra, e é aí que entra a parceria com a TV Diário, parceira da operadora e que tem programação de forte apelo ao público nordestino. A DTHi está ainda buscando um parceiro com programação do Sul do país. A empresa também começa a oferecer agora quatro canais italianos fornecidos pela RAI, que são o primeiro pacote além do básico oferecido pela empresa.
Barroso lembra que o mercado brasileiro está com gargalo na oferta de transponders em banda ku. Segundo ele, seu projeto só se tornou viável depois que a Telesat prometeu, para 2011, um novo satélite para substituir o Estrela do Sul. Com isso, haverá a possibilidade de expansão da oferta de conteúdos e a garantia de operação na mesma posição orbital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.