Telesat anuncia reposição do Estrela do Sul

Confirmando o que este noticiário adiantou em novembro passado, a Telesat anunciou que irá encomendar à Space Systems/Loral (SSL) a construção de um novo satélite para substituir o Estrela do Sul na segunda metade de 2011. O novo satélite será chamado no Brasil de "Estrela do Sul 2" e, nas demais regiões, de "Telstar 14R". Ele terá 58 transponders equivalentes de 36 MHz em banda Ku e ficará na posição orbital de em 63 graus Oeste, a mesma do Estrela do Sul hoje. Seu lançamento será feito pelo Centro Estatal de Pesquisa e Produção Espacial Khrunichev, na Rússia, usando um míssil ILS Proton Breeze. Fontes do mercado acreditam que a construção e o lançamento do satélite devam consumir um investimento da ordem de US$ 300 milhões.
O Estrela do Sul 2 terá cinco feixes de cobertura: Brasil, Estados Unidos, Cone Sul da América do Sul, região Andina (incluindo América Central e sul do Caribe) e Oceano Atlântico norte e médio.
Histórico
O Estrela do Sul foi lançado em janeiro de 2004 pela Loral Skynet, antes, portanto, de sua fusão com a Telesat. O satélite sofreu problemas elétricos no lançamento, o que reduziu significativamente sua capacidade disponível. Normalmente, a vida útil de um satélite é de aproximadamente 15 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.