Publicidade
Início Newsletter Saldo de caixa da Oi cai R$ 1,4 bilhão em fevereiro

Saldo de caixa da Oi cai R$ 1,4 bilhão em fevereiro

A Oi voltou a queimar mais caixa em fevereiro, segundo relatório financeiro mensal divulgado na noite da quinta-feira, 15, pelo Escritório de Advocacia Arnoldo Wald, administrador judicial da operadora. 

A geração de caixa operacional líquida voltou a ser negativa, encerrando o mês com R$ 970 milhões. Foi uma redução de R$ 452 milhões em comparação com janeiro. A saída de caixa foi de R$ 450 milhões, por conta de pagamento de juros semestrais de bonds qualificados conforme o plano da recuperação judicial.

Com isso, o saldo final do caixa financeiro teve redução de R$ 1,407 bilhão, encerrando fevereiro com R$ 1,852 bilhão. Segundo a Oi, isso está relacionado a pagamentos no âmbito da RJ, além da saída de caixa dos juros de bonds. 

Notícias relacionadas

“A administração afirma ainda que esta queda no saldo final do caixa financeiro não compromete a execução do plano estratégico de aceleração dos investimentos, principalmente em fibra óptica”, diz o relatório. A Oi ainda lembrou que em março recebeu o valor total de R$ 1,112 bilhão pela venda da UPI de Torres para a Highline, o que certamente deverá ajudar a compensar essa redução do saldo final de caixa.

Variações

Os investimentos foram de R$ 274 milhões, R$ 17 milhões a menos do que em janeiro. Vale notar que a Oi Móvel teve investimento reduzido em R$ 58 milhões, totalizando R$ 56 milhões, enquanto a Telemar mostrou aumento de R$ 54 milhões, total de R$ 167 milhões. 

A companhia aumentou os recebimentos em R$ 137 milhões, totalizando R$ 1,969 bilhão. A companhia teve redução em serviços de rede (R$ 22 milhões) e em dealers (R$ 51 milhões). Segundo a Oi, a variação negativa foi por conta de fevereiro ter um dia útil a menos. 

Já a rubrica pagamentos avançou R$ 572 milhões, com um total de R$ 2,665 bilhões. Duas razões foram aumento de pagamento a fornecedores de materiais e serviços de manutenção, e por conta da pagamentos de depósitos judiciais, contingências e mediação/fornecedores.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile