Empresas e associações defendem cotas no PL 29

A Abril, o Grupo Bandeirantes, a Record, o Congresso Brasileiro de Cinema (que reúne diversas associações do cinema e do audiovisual) e a ABPITV (associação dos produtores independentes) voltaram a divulgar na ABTA 2008, que acontece entre 11 e 13 de agosto, em São Paulo, o manifesto de apoio ao Capítulo V do PL 29. Trata-se do capítulo que propõe cotas de programação nacional de produção independente na TV por assinatura. No manifesto, as empresas e as associações dizem que são contra "qualquer monopólio ou exclusividade de distribuição de conteúdos audiovisuais". Defendem "mecanismos transitórios que assegurem o acesso de múltiplos agentes da indústria de produção e programação audiovisual brasileira às plataformas de distribuição".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.