Facebook, Cisco e Sprint deixam MWC 2020; conselho considera cancelar o evento

[Publicada no Mobile Time] Cisco, Facebook e Sprint confirmaram nesta terça-feira, 11, que não participarão do Mobile World Congress (MWC) em Barcelona deste ano por medo da proliferação do coronavírus, que já infectou mais de 40 mil pessoas e causou a morte de 909, segundo a OMS.

Além da saída dessas empresas, Vodafone e Deustche Telekom consideram deixar o evento, segundo fontes ouvidas pelo jornal espanhol El País. Com a possível saída de duas das quatro principais operadoras europeias, o conselho do MWC deve se reunir na quarta-feira, 12, para definir se o evento será cancelado ou não. Por sua vez, Orange e Telefónica (anfitriã do congresso) mantêm apoio ao MWC.

Procurada por Mobile Time, a GSMA informou que não comenta sobre reuniões internas.

Se confirmada a saída de Vodafone e Deutsche Telekom, as operadoras se unem a outras companhias que deixaram o evento, como Intel, Sony, Amdocs, CommScope, Nvidia, Viavi e a NTT Docomo, primeira grande operadora a tomar tal decisão, além de Amazon, LG, Ciena, Ericsson e InterDigital. Vale lembrar, o MWC de 2020 está programado para começar no próximo dia 24 de fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.