Zenvia compra Vivera, braço de VAS e SMS da Spring Mobile

A Zenvia comprou a Vivera Mobile, braço de serviços de valor adicionado (SVA) e SMS da Spring Mobile. Fazem parte do negócio as plataformas de serviços da Vivera e todos os contratos em vigor, que representam uma carteira com mais de 500 clientes, com forte presença de bancos e de redes varejistas. Cerca de 50 funcionários da Spring serão transferidos para o escritório de São Paulo da Zenvia. A transição será concluída no dia 1 de abril. O valor do negócio não foi divulgado Mas vale lembrar que em novembro passado a Zenvia recebeu um aporte de R$ 71 milhões do BNDESPAR e da DLM para investir em aquisições e expansão.

Notícias relacionadas
A marca Vivera Mobile havia sido lançada em novembro passado, como uma forma de a Spring Mobile diferenciar a sua atuação em SVA. A ideia era mostrar que a empresa não vendia apenas SMS como commodity, mas que agregava valor com soluções específicas para diversas setores da economia, especialmente o de finanças. O portfólio de micropagamentos, mobile marketing e conteúdo white label para operadoras móveis também fazia parte da Vivera.

Segundo fontes que acompanharam as negociações, a Spring estava procurando novos investidores para ajudar na expansão da Vivera, logo após a criação da marca. Aí bateram à sua porta representantes das Movile e da Zenvia com propostas de compra. Os controladores da Spring, liderados pelo banco Goldman Sachs, acabaram escolhendo a Zenvia. O contrato foi assinado na sexta-feira passada, 7. E a comunicação interna para os funcionários da Spring aconteceu na última segunda-feira, 9.

Análise

Com esse negócio, a Zenvia se fortalece ainda mais como a líder no mercado de SMS corporativo no Brasil, em volume de mensagens, em carteira de clientes e em receita anual. A Spring, por sua vez, passa a concentrar 100% dos seus esforços na área de software para o mercado corporativo, com destaque para o desenvolvimento de apps móveis para a indústria de bens de consumo. Poderá também se dedicar mais à expansão internacional.

Esse é mais um capítulo no processo de consolidação do mercado brasikeiro de mobilidade corporativa. No ano passado, houve a fusão entre MC1 e Mobilepeople. Vale lembrar que a própria Zenvia nasceu de uma fusão entre Human Mobile e Comunika em julho de 2012. No fim daquele mesmo ano, a Zenvia adquiriu a Pure Bros, então um dos mais importantes integradores de SMS no mercado brasileiro. Os principais concorrentes da Zenvia agora são Movile e TWW.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.