Kassab prevê lançamento dos "planos B, C, D" do satélite para os próximos dias

Em alguns dias, o governo deverá dar mais detalhes sobre o futuro do satélite geoestacionário brasileiro. A previsão é do ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, que participou, nesta quinta-feira, 9, das comemorações dos 45 anos da estatal.

"Não existe preocupação. Foi a primeira etapa do processo e é mais do que compreensível que um leilão possa dar vazio, até porque tem preço mínimo para preservar o interesse público", disse Kassab. Segundo ele, a Telebras e seus diretores estão executando os demais planos ("B, C, D…", nas palavras do ministro) e em alguns dias eles serão apresentados.

O ministro não descarta a possibilidade de a Telebras vender o serviço de banda larga por satélite para o consumidor final. "Isso é possível, mas não é o desejável. Se pudermos fugir desse modelo de operação será melhor", afirmou. Disse, entretanto, que a Telebras pode ser tão eficiente como todos os prestadores. O leilão de 57% da capacidade do satélite brasileiro na banda Ka foi realizado na semana passado, sem apresentação de qualquer proposta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.