Soluções de automação residencial da Insteon serão lançadas no Brasil

A fornecedora de soluções de automação residencial Insteon anunciou nesta semana parceria de distribuição comercial exclusiva com a Smartnex no Brasil. A ideia é que a promessa de combinação de simplicidade na instalação, arquitetura de rede e utilidade dos serviços conectados quebrem a resistência do brasileiro com esse tipo de plataforma.

Segundo contou a este noticiário o diretor de negócios e tecnologia da Smartnex, Eduardo Ventura, a barreira do preço, diz ele, poderia ser transposta. "Tem custo muito viável, principalmente na instalação, e hoje em dia podemos dizer que concorremos em todos os níveis do mercado", declara. A justificativa para isso é que os dispositivos da marca não precisam de instalação complexa com ligações no quadro elétrico da residência e uma central.

Entre os produtos estão interruptores inteligentes, módulos, lâmpadas, câmeras e sensores, que podem ser interligados com outros dispositivos, como o aparelho controlador (HUB) por voz Echo, da Amazon, e lâmpadas inteligentes da Philips. São dispositivos que têm pouca entrada no Brasil, mas que podem, se implantados de maneira correta, trazer economia na conta de luz. "Estamos buscando ofertas que fazem sentido, que tragam benefícios: eles podem se pagar se você trabalhar com ela de forma correta", diz o executivo.

Notícias relacionadas

Comunicação dupla

A comunicação dos dispositivos é feita com redundância, utilizando tanto a energia elétrica (com o PLC) como a radiofrequência. No Brasil, a faixa utilizada será a de 921 MHz, espectro não licenciado. Ventura explica que isso permite à plataforma lidar melhor com interferências no powerline. Por sua vez, a faixa foi escolhida por ficar "fora das áreas de interferência" com redes móveis ou Wi-Fi doméstico. A comunicação também utiliza uma arquitetura de rede mesh para autodistribuição do sinal entre os aparelhos e os interruptores e sensores.

Todo o comando dos dispositivos é feito pela Internet, por meio de um painel de controle que pode ser acessado por dispositivos móveis. Ventura diz que a Insteon foi a primeira empresa a ser selecionada pela Apple para compatibilidade com a API de desenvolvimento HomeKit. "Ele é 100% compatível com a (assistente virtual por comandos de voz) Siri e todo o sistema da Apple, e com a (assistente virtual) Cortana e todas as novas funcionalidades presentes no Windows 10", declara. A plataforma também se conectará com produtos da Nest, companhia de automação residencial com controladores de ar condicionado e que deverá expandir para outros produtos de Internet das Coisas (IoT).

Sem susto

A aposta em um novo segmento de negócio diante da situação macroeconômica no Brasil é algo que pode trazer vantagens, na visão de Eduardo Ventura. "Não nos assusta, a gente vê como oportunidade", diz. "O País não pode parar." Ele explica que também quer não quer que o produto fique estigmatizado como algo apenas para classe A. "Queremos tornar a automação acessível para todas as pessoas, não queremos que seja operada por um robô ou só para mostrar para as pessoas, queremos que seja utilizada para seu conforto e segurança." O lançamento dos produtos deverá acontecer em breve, e os preços do "kit de iniciante" ainda não foram definidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.