Analistas vêem com bons olhos estabilidade na Bovespa

É considerada positiva a estabilização do Ibovespa no patamar de 11.800 pontos. ?Se conseguir se sustentar nesse nível por algum tempo, nas circunstâncias negativas atuais, será possível acreditar em acumulação de forças para um novo movimento de alta?, diz Victor Martins, do Banco Safra.
O mercado deve andar de lado nas próximas semanas à espera de definições mais claras sobre as perspectivas da economia norte-americana, o andamento da articulação para as reformas no Brasil, a retirada do viés de alta dos juros básicos e a estabilização das taxas de inflação e de câmbio.
As estimativas mais pessimistas são de um Ibovespa entre 14.000 e 15.000 pontos até o fim do ano. O que resultaria em uma valorização entre 19% e 27% ? excessiva, face ao risco em relação às taxas de juros. Se o governo conseguir passar as reformas e controlar a inflação no patamar de 11% ao ano, as perspectivas seriam de um Ibovespa dos melhores momentos do governo de Fernando Henrique Cardoso (18.000 pontos), com variação superior a 50%.

Notícias relacionadas

Telemar aumenta participação

Na primeira prévia de composição do Índice da Bolsa de Valores de São Paulo para o período maio-agosto de 2003, o grande destaque é o aumento da participação relativa da Telemar. Ao juntarem todas as modalidades de ações, a holding e a operadora, em conjunto, representariam 17% do índice. Também deve aumentar a participação relativa de Brasil Telecom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.