GSMA comemora decisão do Brasil sobre faixa 700 MHz para LTE

Após a decisão brasileira de viabilizar o espectro de 700 MHz para redes móveis LTE, a GSMA divulgou nota comentando o assunto em nome do líder do governo e oficial para assuntos regulatórios da associação de operadoras móveis, Tom Philips. Naturalmente, a entidade se mostrou satisfeita com o avanço na oferta de mais banda para a telefonia celular.

"A atitude do Brasil complementa decisões anteriores tomadas por outros países latino-americanos", diz Philips no comunicado, acrescentando que a faixa é "fundamental para o acesso da banda larga móvel universal" por ter a instalação de rede facilitada. Devido ao maior alcance de cobertura, menos torres são necessárias para a infraestrutura com 700 MHz.

"Encorajamos agora a Anatel a trabalhar com operadoras móveis brasileiras a fim de definir as condições e a hora certa para o licenciamento do espectro para o melhor desenvolvimento do avanço do ecossistema", declarou Tom Phillips. A GSMA considera ainda que a adoção de um plano harmônico com a frequência de 700MHz será "essencial para gerar as economias de escala necessárias para entregar todos os benefícios dos serviços de banda larga móvel".  A faixa, adotada pelo mercado norte-americano, é uma das mais utilizadas do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.