Fusão entre BrT e Oi precisaria de salvaguardas, diz Bittar

O deputado Jorge Bittar (PT-RJ), uma das vozes mais atuantes da base governista em defesa da criação de uma grande empresa nacional de telecomunicações, ressalta que uma eventual mudança na legislação para permitir a fusão entre a Brasil Telecom e a Oi precisaria vir acompanhada de salvaguardas para garantir que a empresa resultante permaneça sob controle nacional. Caso contrário, pode acontecer o mesmo que houve com a Ambev, que foi vendida para uma cervejaria belga depois da fusão entre Brahma e Antártica. Uma das possibilidades seria a criação de uma golden share, que ficasse nas mãos do governo.
O deputado também propõe que os ganhos de escala gerados pela fusão sejam de alguma forma repartidos com a sociedade na forma de redução das tarifas telefônicas, por exemplo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.