Telebras vai terceirizar a operação da rede

A Telebras vai terceirizar a operação do Centro Integrado de Gerência de Rede (NOC) e de toda a infraestrutura de banda larga da estatal, assim como os serviços providos a seus clientes, internos e externos, além de gerenciar e operar redes, equipamentos e serviços em locais remotos, com suas respectivas equipes técnicas. A licitação será vencida pela empresa que oferecer menor preço global pelos serviços e o contrato terá duração de cinco anos. O reajuste dos valores se dará pela aplicação de Índice de Serviços de Telecomunicações (IST), calculado pela Anatel.

As condições da licitação e o detalhamento dos serviços a serem prestados serão apresentados em audiência pública, que será realizada na sede da Telebras, no dia 24 deste mês. A publicação do edital e o estabelecimento do preço máximo ainda não têm prazos definidos. Não poderão participar da licitação consórcios de empresas.

A estatal justifica a terceirização pela falta de pessoal especializado e certificado, além da agilidade e escala para atender os objetivos da empresa, de fomentar a massificação da banda larga e atender as necessidades de serviços. A empresa vencedora terá que disponibilizar pessoal tanto no centro de monitoramento da rede, instalado na sede da estatal, como nos pontos de presença e estação de atendimentos, espalhados pelo País.

A Telebras destaca no termo de referência que a Rede Nacional de Telecomunicações (RNT) é uma única rede atendendo todas as regiões geográficas do Brasil, com requisitos mínimos aceitáveis para a execução dos serviços de manutenção da planta. "Para atender o Acordo por Nível de Serviço (ANS, ou SLA, em inglês) da rede a contratada deve utilizar critérios que garantam a pronta reparação, ativação ou operacionalização dos equipamentos, sistemas e subsistemas, abrangidos pelos serviços contratados, durante 24 horas por dia, sete dias por semana", estabelece a estatal.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.