Vivo adiciona duas cidades ao projeto de franquias Terra Fibra

Foto: Pixabay

Mais duas cidades foram adicionadas à área de cobertura do braço da Vivo para franquias de banda larga fixa, a Terra Fibra. Por meio da parceria com o provedor regional AXT Telecomunicações Eireli, a empresa chegou aos municípios do interior paulista de Taquaritinga e Monte Alto. Desde a segunda-feira, 30, os planos da empresa com fibra até a residência (FTTH) estão disponíveis. 

Segundo a Vivo nesta quarta-feira, 2, a cobertura representa um total de 16,4 mil novos domicílios potenciais, incluindo residências e empresas. A companhia oferece para o cliente residencial planos de 100 Mbps (e 50 Mbps de upload) por R$ 99,99 mensais. O cliente empresarial tem as mesmas velocidades a partir de R$ 139,99 mensais. Em ambos os casos, é possível chegar a velocidades de até 300 Mbps de downlink e 150 Mbps de uplink.

A operadora já tem outras parcerias com o programa Terra Fibra, iniciado em novembro do ano passado. No final de setembro, a empresa chegou à capital Palmas, além de já ter operações nas cidades goianas de Águas Lindas de Goiás, Uruaçu e Novo Gama. O desenvolvimento de todo o projeto, com a construção da rede de último acesso, vendas, pós-vendas e atendimento são feitos pelo franqueado que utiliza a marca Terra Fibra; já Vivo entra com a plataforma de site, help-desk e, principalmente, o backbone da operadora.

Notícias relacionadas

Não é, contudo, a única estratégia da Vivo para a infraestrutura de fibra. Além de uma parceria com a American Tower para FTTH, a companhia também tem um projeto de separação industrial em parceria com investidores para criar um veículo de rede neutra. Quando o projeto foi anunciado no final de julho, a intenção era de que essa unidade já esteja totalmente operacional em 2021.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.