Anatel testará PLC e satélites na universalização

Na mesma linha dos testes realizados recentemente com a tecnologia CDMA 450 MHz, a superintendência de universalização da Anatel está planejando conduzir testes com as tecnologias Powerline Communication (PLC) e transmissões via satélite como opções de universalização de serviços de voz e dados. De acordo com o superintendente de universalização da agência, Edmundo Matarazzo, os testes com o PLC deverão ser feitos em conjunto com a Companhia Elétrica de Goiás (Celg) a partir do próximo dia 28, por ocasião da realização em Goiânia do 5º Seminário de Powerline Communication, da Associação de Empresas Proprietárias de Infra-Estrutura e de Sistemas Privados de Telecomunicações (Aptel). Além da capital goiana, os testes serão feitos também em áreas no entorno de Brasília. A Anatel está ainda finalizando os acertos junto a parceiros fornecedores de tecnologia e equipamentos para o experimento, que deverão ser anunciados até o dia 11. Está nos planos ainda a realização de testes também junto às companhias elétricas de São Paulo (Eletropaulo), Paraná (Copel), Rio de Janeiro (Light) e Ceará (Coelce).
Com o PLC, Anatel pretende trabalhar em conjunto com o Ministério das Minas e Energia em seu programa "Luz para todos", unindo iniciativas de inclusão elétrica e de inclusão em telecomunicações.

Rally dos Sertões

Notícias relacionadas

Para testes com satélites, a agência vai levar seu ônibus experimental do SCD (o mesmo usado em abril para testar aplicações de dados e voz em CDMA), equipado com um link da Star One para acompanhar o Rally Internacional dos Sertões 2004, competição off road a acontecer entre 1º e 10 de julho em Goiás, Tocantins, Maranhão, Piauí e Ceará. O veículo funcionará como media center, oferecendo serviços de transmissão de dados e voz, durante toda a prova. Na volta, do Ceará a Goiás, o ônibus vai parar em diversas escolas e centros comunitários do interior dos cinco estados para testar os serviços junto às populações locais. ?Vamos analisar não só o funcionamento dos equipamentos, como também as características e as reações do público?, observa Matarazzo.
A Anatel também negocia com o Ministério da Saúde a possibilidade de incluir neste trajeto atendimento médico a população, com a participação dos mesmos médicos que atenderão os participantes do rally. A idéia é, por meio do sistema de telecomunicações do ônibus, fazer o cadastramento de pacientes ao Sistema Único de Saúde (SUS).
Nos meses seguintes, a Anatel pretende também testar a combinação entre o PLC, satélite e CDMA 450 MHz em soluções de universalização e para o SCD. O superintendente acredita que a união das tecnologias deverá render boas opções de cobertura das localidades a serem contempladas pela próximas metas de universalizações a serem cumpridas pelas incumbents. A partir de dezembro de 2005, as concessionárias deverão oferecer acessos individuais a cerca de 10 mil localidades com mais 300 habitantes e acessos coletivos a localidades com mais de 100 habitantes. De janeiro de 2006 em diante, terão de instalar postos de serviços em 7500 localidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.