Publicidade
Início Newsletter EAF inicia construção de infovias na Amazônia com recursos do 5G

EAF inicia construção de infovias na Amazônia com recursos do 5G

Moisés Moeira, da Anatel, e Leandro Guerra, da EAF

Entidade responsável pela execução de compromissos do leilão do 5G associados à faixa de 3,5 GHz, a Entidade Administradora de Faixa (EAF) anunciou nesta terça-feira, 1º, o início da implementação de três das seis infovias sob responsabilidade do órgão no programa Norte Conectado.

A infraestrutura na Bacia Amazônica será custeada com recursos do leilão do 5G, após fases iniciais do projeto contarem com financiamento de outras fontes. A nova etapa contempla as chamadas infovias 02, 03 e 04, com mais de 2 mil quilômetros de cabos que ligarão municípios do Amazonas, Amapá, Pará e Roraima.

O primeiro lançamento será o da Infovia 04, que terá mais de 500 km de extensão nos rios Negro e Branco e trecho previsto para ser iniciado na última semana de agosto. Ela vai conectar as localidades de Vila de Moura (AM), Santa Maria do Boiaçu (RR), Caracaraí (RR), Iracema (RR), Mucajaí (RR) e Boa Vista (RR).

Notícias relacionadas

Já as infovias 02 e 03 estão previstas para serem implementadas a partir do último trimestre de 2023. A 02, a maior delas, tem cerca de 1.200 km de extensão no rio Solimões, conectando as cidades amazonenses de Tefé, Alvarães, Uarini, Fonte Boa, Jutaí, Tonantins, Santo Antônio do Içá, Amaturá, São Paulo de Olivença, Belém de Solimões, Tabatinga, Benjamin Constant e Atalaia do Norte. Ela também vai viabilizar a conexão entre os postos avançados do Exército e as fronteiras.

A infovia 03, por sua vez, conta com 624 km de extensão e vai conectar as cidades de Belém (PA), Ponta de Pedra (PA), São Sebastião da Boa Vista (PA), Curralinho (PA), Bagre (PA), Breves (PA), Afuá (PA) e Macapá (AP). “Essa infovia é importante pelo impacto comercial e econômico, pois passa por regiões com importantes empresas que atuam no desenvolvimento local”, afirma a EAF.

Ao todo, as obrigações da entidade gestora envolvem a construção de seis infovias, com mais de 10 mil quilômetros de cabos subaquáticos e investimento de cerca de R$ 1,34 bilhão. Após os trechos 02, 03 e 04, serão implementadas as infovias 05, 06 e 08, com mais de 6 mil quilômetros de cabos conectando municípios do Amazonas, Rondônia e Acre.

Etapas

Os 2,3 mil quilômetros de cabo óptico subaquático para os trechos foram fabricados pela chinesa ZTT Submarine Cable & System e chegaram ao País pelo porto CECMA, em Manaus. Durante o procedimento de transbordo, que começou no último dia 26 de julho, os cabos são transportados do navio Jutha Male para as embarcações brasileiras responsáveis pelo lançamento.

Nesta terça-feira, o conselheiro da Anatel, Moisés Moreira, e o presidente da EAF, Leandro Guerra, acompanharam in loco o início do processo. “Há meses nossa equipe de operações tem liderado as expedições que fazem o raio-x dos rios onde os cabos serão instalados. As embarcações são transformadas em laboratórios flutuantes, com equipamentos sofisticados, como sonares, que mapeiam o leito dos rios e servirão de orientação para determinar o local exato onde o cabo será acomodado com segurança. Agora, nos preparamos para o lançamento dos cabos”, resumiu Guerra, na ocasião.

“Trata-se de um programa sem precedentes, que vai levar sinal de dados de alta velocidade para garantir à população melhorias na educação, saúde, pesquisa, defesa e Judiciário”, completou Moisés Moreira – que preside na Anatel o grupo que supervisiona os compromissos ( o Gaispi).

O programa Norte Conectado teve início com a implantação da Infovia 00, finalizada em fevereiro de 2022 pelo Exército Brasileiro. Ela liga Macapá (AP) a Alenquer (PA). Somando a implantação de redes metropolitanas, o projeto teve cerca de R$ 90 milhões de investimento. Já a Infovia 01, finalizada em março deste ano pela Entidade Administradora da Digitalização de Canais de TV e RTV (EAD), liga Santarém (AP) e Alenquer (PA) a Manaus (AM). O investimento é de cerca de R$ 165 milhões. (Com informações da EAF)

1 COMENTÁRIO

  1. Por que excluíram o nome da RNP da Infovia 00 e colocaram o do Exército que não esteve e nem está envolvido no Norte Conectado?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile