Com resolução conjunta sobre postes, Paulo Bernardo enterra decreto de infraestrutura

Diante da proposta de resolução conjunta cuja consulta pública foi aprovada pela Aneel e Anatel para disciplinar a ocupação dos postes de energia pelas empresas de telecomunicações, o ministro Paulo Bernardo descarta continuar com as tratativas junto à Casa Civil para a publicação de um decreto sobre o assunto.

"Diante dessa resolução, não vemos motivo para continuarmos tratando disso em um decreto. Os outros pontos que estão contidos nele, vamos ver o que fazer. Eu acho que isso (a questão dos postes) está resolvido, mas tem que ser tratado com a presidente", afirma o ministro Paulo Bernardo.

Em relação aos outros pontos que estão sendo abordados na minuta de decreto, como a construção de dutos para telecom em obras do governo etc., o ministro fala em "rediscussão".

"Acho que o mais importante dessa tema é que será definida uma regra comum que vai facilitar a entrada de novas empresas", afirma Bernardo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.