OUTROS DESTAQUES
REGULAMENTAÇÃO
Faixa de 700 MHz já pode ser usada pelas teles em quatro capitais; será o teste definitivo para eventuais interferências
terça-feira, 29 de maio de 2018 , 21h51

Após a limpeza do espectro decorrente do processo de switch-off da TV analógica, as frequências de 700 MHz nas regiões metropolitanas de São Paulo, Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte já estão aptas para operar o serviço de banda larga  móvel em 4G. O anúncio, feito pelo presidente da Anatel, Juarez Quadros, ocorreu durante audiência publica na Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira, 29.

As cidades são especialmente importantes porque, por serem os maiores centros urbanos do país e terem o espectro bastante congestionado, são as mais suscetíveis a possíveis problemas de interferência do LTE na recepção dos sinais de TV. A Empresa Administradora da Digitalização (EAD), que fez o trabalho de distribuição dos kits de recepção pela Seja Digital, é a responsável pelo trabalho de mitigação de interferências, se houver, por meio do seu braço operacional "TV Perfeita", que até aqui praticamente não teve trabalho. O teste de força será nestas grandes regiões metropolitanas.

As capitais passam a ter a frequência liberada após o desligamento do sinal analógico de TV que vinha ocupando a faixa. "Com esta liberação, outros serviços, como banda larga móvel, poderão ser oferecidos à população que demanda por Internet de alta velocidade", reiterou o dirigente.

O anúncio de Quadros ocorre na véspera do desligamento do sinal analógico em 88 municípios dos estados do Amazonas, Pará, Sergipe, Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte e Piauí, alcançando um total de 11 milhões de pessoas.

Quadros também revelou que a programação prevê o switch-off no dia 14 de agosto nas capitais Campo Grande, Palmas, Rio Branco, Porto Velho, Boa Vista e Macapá, a depender do atingimento dos índices de penetração dos equipamentos para recepção de TV digital. A etapa final de desligamento deverá ocorrer entre os meses de novembro e dezembro em municípios no interior de São Paulo, Paraná e Rio do Grande do Sul. (Colaborou Samuel Possebon)

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top