OUTROS DESTAQUES
Mercado
Embratel cumpre requisitos para participar de programa de conectividade em Pernambuco
terça-feira, 22 de janeiro de 2019 , 22h39

O Governo do Estado de Pernambuco aprovou as documentações de qualificação técnica e econômico-financeira apresentadas pela Embratel para o projeto PE Conectado, uma rede corporativa para o governo para atendimentos aos órgãos e entidades do Estado. Em comunicado nesta terça-feira, 22, a operadora afirma que os requisitos técnicos e exigências foram atendidos, e que agora está apta a fornecer serviços dentro do programa.

O projeto prevê a entrega de mais de 3.600 circuitos com sistema de segurança da Embratel para acessos dedicados; 4 mil SIMcards 4G para a rede LTE Privada; 25 mil linhas de telefonia móvel; mais de 15 mil aparelhos de celular; mais de 20 mil linhas de telemetria; Wi-Fi interno com 12,5 mil pontos de acesso; Wi-Fi externo com 2.950 pontos de acesso em praças e locais públicos; 15 mil pontos para Comunicação Unificada; 29,2 mil ramais de telefonia fixa; 620 pontos de contact center com infraestrutura de telefonia fixa; operação integrada para monitorar mais de 80 mil itens; e serviços de segurança de rede.

A companhia agora pretende ampliar a presença em Pernambuco com a nova estrutura que será desenvolvida em um consórcio com a operadora corporativa local Smart Networks, ligada ao Porto Digital. Com isso, planeja levar maior capacidade, incluindo benefício para a cobertura de mobilidade e TV por assinatura por meio das empresas do grupo Claro Brasil, a Net e a Claro.

No programa PE Conectado, Recife será o ponto de concentração, mas 12 cidades pernambucanas servirão como pontos regionais de implantação de infraestrutura: Goiana, Fernando de Noronha, Palmares, Caruaru, Toritama, Garanhuns, Arcoverde, Petrolândia, Serra Talhada, São José do Belmonte, Ouricuri e Petrolina.

O edital inteiro do PE Conectado tem estimado um valor de R$ 1,262 bilhão em um período de vigência de 48 meses, com estimativa de desembolso anual de R$ 302,590 milhões. São contemplados os serviços de telefonia móvel com custo zero para tráfego intragrupo móvel-móvel, móvel-fixo e fixo-móvel. Além disso, o projeto engloba soluções de segurança de redes e acessos, help-desk, gerência de redes, videoconferência, videomonitoramento de vias públicas e prediais, entre outros. 

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top