OUTROS DESTAQUES
Concorrência
GVT vence licitação para o TRT de São Paulo
segunda-feira, 29 de Março de 2004 , 16h19 | POR REDAÇÃO

A GVT venceu a Telefônica e a Embratel na disputa para a prestação de serviço de voz local e áreas conurbadas para o recém-inaugurado o Fórum Trabalhista Ruy Barbosa, em São Paulo, que reunirá 80 varas do Tribunal Regional do Trabalho. O TRT deve lançar nas próxima semanas também um edital de licitação para serviços de longa distância, da qual a GVT também participará. O valor do contrato não foi divulgado.
O Fórum Ruy Barbosa será um dos maiores clientes da GVT em São Paulo, que já representa 50% de todo o tráfego de serviços corporativos atendido pela operadora. A empresa já tem em sua carteira de clientes nesta área, em que presta STFC desde agosto passado, empresas como Credicard, Visa e Banco Itaú, entre outros, como observa a diretora de produtos e projetos especiais da operadora, Cintia Giotto.
Ainda neste semestre, GVT deve lançar operações em Belo Horizonte e Rio de Janeiro. De acordo com o vice-presidente de marketing e vendas da GVT, Rodrigo Dienstmann, a empresa aguarda a entrada em vigor da regulamentação do unbundling ainda este ano para poder expandir-se também para os mercados residencial e de pequenas e médias empresas. No momento, para atingir estes nichos, a operadora conta apenas com a possibilidade de atuar em parceria com outros fornecedores de última milha, como as operadoras de SCM Iqara e AT&T, entre outros. Na medida em que o unbundling for regulamento, o custo do compartilhamento deverá cair, em todos os tipos de infra-estrutura, de tal forma que o atendimento a clientes de menor porte vai se tornar viável, prevê Dienstmann.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
, ,
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
 
Top