OUTROS DESTAQUES
Financiamento
BNDES triplicará desembolsos para telecomunicações em 2004
quinta-feira, 29 de Janeiro de 2004 , 18h03 | POR REDAÇÃO

Os desembolsos do BNDES para o setor de telecomunicações devem aumentar mais de três vezes em 2004, de acordo com fontes próximas ao banco, alcançando pelo menos R$ 1 bilhão, segundo as previsões mais conservadoras. Em 2003, o BNDES emprestou R$ 252 milhões e R$ 60 milhões para os segmentos de serviços e de indústria do setor de telecomunicações.
Atualmente, há projetos de telecomunicações em consulta no banco que somam R$ 1,06 bilhão; há alguns em análise que totalizam R$ 1,5 bilhão; e existem outros aprovados no fim de 2003 e cuja liberação da verba começará este ano que representam R$ 270 milhões.
O orçamento do BNDES para infra-estrutura, no qual se incluem os setores de energia, telecomunicações e logística, é de R$ 10,8 bilhões em 2004. Para se ter uma idéia, o orçamento total do banco para este ano é de R$ 47,3 bilhões, 43% a mais que em 2002.
Segundo o presidente do BNDES, Carlos Lessa, o aumento do orçamento para este ano demonstra a confiança da entidade na melhora da economia nacional. Ele ressalta, contudo, que necessariamente nem toda verba disponível para financiamentos será desembolsada.
Lessa participou nesta quinta-feira, 29, de almoço com representantes do empresariado brasileiro. Do setor de telecomunicações estavam presentes: Eugênio Staub, presidente da Gradiente; Raul Del Fiol, presidente da Trópico; Renato Fantoni, diretor da Ericsson; e Sérgio Boanada, diretor da Siemens.
Staub, que também é conselheiro do banco, destacou a importância da iniciativa do BNDES de chamar os empresários para o diálogo. ?Antigamente, éramos somente nós, empresários, que buscávamos o banco para conversar?, relatou. Staub admitiu, porém, que o BNDES ainda precisa agilizar mais o processo de liberação de financiamentos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

Top