OUTROS DESTAQUES
Citel
Brasil recomenda arranjo de freqüências para IMT-2000
quarta-feira, 17 de julho de 2002 , 19h08 | POR REDAÇÃO

A delegação brasileira que participa do encontro da Citel (Comissão Interamericana de Telecomunicações), que acontece esta semana em Fortaleza, apresentou um projeto sobre os arranjos (harmonizações nas formas de uso) de freqüências para o IMT-2000. Os representantes brasileiros foram além, e recomendaram que o arranjo seja implementado por todos os países membros da Citel. Na proposta apresentada pela Anatel estão previstas a utilização das faixas de 806 MHz a 960 MHz, 1.710 MHz a 2.025 MHz e 2.110 MHZ a 2.200 MHz, seguindo recomendações da UIT. Segundo o vice-presidente da delegação brasileira e gerente-geral de certificação e engenharia de espectro da Anatel, Francisco Carlos Giacomini Soares, a implementação deste arranjo por todos os países das Américas vai facilitar a compatibilidade mundial e criar uma economia de escala.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet. Organizado há 17 edições pela TELETIME e pelo Centro de Estudos de Políticas de Comunicações da Universidade de Brasília (CCOM/UnB), o evento congrega reguladores, formuladores de políticas, acadêmicos, empresas e analistas para um debate aberto sobre os temas mais relevantes e que serão referência ao longo do ano. Em 2018, estão em discussão uma agenda possível para o setor, o impacto do cenário eleitoral sobre as telecomunicações, a atuação  do Congresso Nacional sobre as políticas do setor de telecomunicações e Internet e as referências regulatórias internacionais.

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
EVENTOS

Principal encontro independente de debate e reflexão sobre políticas setoriais dos setores de telecomunicações e Internet

20 de Fevereiro
Auditório Finatec, DF, Brasil
Top