OUTROS DESTAQUES
Carreiras
Carlos Zenteno deixa presidência da Claro Brasil
quinta-feira, 17 de março de 2016 , 19h11

O mexicano Carlos Zenteno deixará o comando da Claro no Brasil. A América Móvil anunciou nesta quinta-feira, 17, que o executivo assumirá a presidência das operações fixa, móvel e empresarial da Claro na Colômbia. Em seu lugar, ficará de forma interina o atual presidente da América Móvil no Brasil, José Félix, acumulando o cargo de CEO da unidade de mercado pessoal do grupo no País até que seja nomeado um substituto.

Zenteno esteve à frente da Claro brasileira por cinco anos, período no qual a operadora móvel passou por leilões de frequência (de 2,5 GHz e 700 MHz) e consequente lançamento da tecnologia 4G. Com a reestruturação operacional da América Móvil no Brasil, finalizada em julho de 2015 com a integração das subsidiárias Claro, Embratel e Net, o executivo continuou responsável pela marca, respondendo diretamente ao ex-presidente da Net Serviços, e atual presidente da AMX Brasil, José Félix.

O novo nome que assumir a operadora móvel terá o desafio de retomar o crescimento da empresa especialmente no 4G, na qual chegou a liderar no lançamento da tecnologia, em 2014 – atualmente, a empresa é a terceira em market share, com 18,17%, atrás de Vivo (36,84%) e TIM (27,95%). No 3G, por outro lado, é a líder em participação, com 31,47%, apesar de grandes quantidades de desconexões na base – somente de janeiro deste ano para dezembro de 2015 foram 1,175 milhão de desligamentos.  A América Móvil Brasil (Claro Telecom Participações S.A.) fechou 2015 com prejuízo de R$ 3,556 bilhões, 168,8% maior do que em 2014 no consolidado pro forma. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) ficou em R$ 9,853 bilhões, e a receita líquida, R$ 33,7 bilhões.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top