OUTROS DESTAQUES
Estratégia
CEO da Telecom Italia quer supervisionar pessoalmente operação da TIM Brasil
segunda-feira, 16 de maio de 2016 , 23h00

O novo CEO da Telecom Italia, Flavio Cattaneo, não ficou satisfeito com o desempenho da operação da TIM Brasil no último trimestre e exige mudanças. Tanto que durante a teleconferência para analistas nesta segunda-feira, 16, ele destacou a saída de Rodrigo Abreu (substituído por Stefano De Angelis na semana passada) e informou brevemente que irá revisar o plano de recuperação do triênio 2015-2017 para o Brasil, prometendo divulgar a nova meta em agosto. Mais que isso, Cattaneo disse que irá supervisionar pessoalmente a gestão da controlada, que precisará reportar o progresso com mais frequência.

"A partir de agora, a gerência no Brasil vai atender a nosso comitê gestor semanalmente, trabalhando em coordenação próxima conosco", declarou em tom duro o executivo, que entrou no lugar de Marco Patuano em março. "Vou pessoalmente acompanhar o processo e irei ao Brasil no final do mês para ver as coisas com meus próprios olhos", avisa. O período deverá coincidir justamente com o final da transição de cargo de Abreu para De Angelis.

Cattaneo também comentou durante a teleconferência que o atual plano industrial das duas empresas é um processo em andamento, esperando alguns resultados imediatos, outros em longo prazo. Falando sobre a situação da operadora brasileira, ele acredita haver "espaço para aumentar (o retorno) ou chegar a uma estabilização". "Este é um projeto inteiro, completo, é apenas um primeiro pedaço de um projeto grande", declara.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
EVENTOS
Não Eventos
Top