OUTROS DESTAQUES
Mercado
GSM pós-pago da Vivo está previsto para março
quinta-feira, 08 de fevereiro de 2007 , 13h03 | POR HELTON POSSETI

A Vivo adiantou nesta quinta-feira, 8, que pretende lançar os primeiros aparelhos GSM pós?pagos em março. Essa foi uma das poucas informações que o presidente Roberto Lima, divulgou sobre o overlay GSM, durante a apresentação dos resultados referente ao quarto trimestre do ano passado. Segundo ele, já foram investidos 65% do valor previsto para a implantação da nova rede (R$ 1,080 bilhão), o que representa um total de 6992 ERBs (estações radiobase). ?Estamos rigorosamente dentro do cronograma?, destaca Lima.
Entre as outras informações que, segundo Lima, ?os concorrentes adorariam saber? e que, por isso, não foram divulgadas, está a estratégia da Vivo para a comercialização de duas tecnologias simultaneamente. A tecnologia CDMA vai ficar segmentada para clientes corporativos e aplicações de transmissão de dados? Quantos clientes a empresa já tem em GSM? Essas perguntas ficaram sem respostas. O executivo adiantou apenas que não está previsto um aumento no custo de aquisição de cliente (SAC) nos próximos trimestres por conta da divulgação da nova tecnologia. ?Vendemos serviços e não tecnologia.?

Mais perguntas sem respostas

A Vivo divulgou que o investimento de 2007 será menor que o de 2006. Assim como o de 2006 foi em relação ao de 2005. Porém com uma ressalva: ?investimentos menores, nas áreas onde a empresa já atua?. Ou seja, exclui-se, portanto, possíveis aplicações em Minas e nos seis Estados do Nordeste onde a empresa ainda não está presente. Perguntado se a empresa vai atuar em Minas construindo uma nova rede ou comprando a Telemig Celular, Lima, mais uma vez, responde que nada fala sobre o assunto. Porém, a empresa declara estar interessada na faixa de 1,9 GHz recém destinada para o Serviço Móvel Pessoal (SMP), que cairia como uma luva para a pretensão de cobertura nacional da Vivo.
No último trimestre do ano passado, a empresa lançou 27 novos modelos de aparelhos entre os quais os três modelos do lançamento pré-comercial da tecnologia GSM. Segundo Lima, todos os fornecedores já foram contatados para a próxima compra em GSM para adaptarem suas linhas de montagem e providenciarem a importação dos componentes. Quanta à rede CDMA, Lima destaca a ampliação da cobertura EVDO, que, a pedido da Petrobrás, está sendo levada para o Rio Grande do Sul e Santos, no litoral paulista. ?A Petrobrás é um grande parceiro que precisa da cobertura da nossa rede de alta velocidade para os funcionários dessas regiões?.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME. Mais informações pelo email eventos@teletime.com.br

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
EVENTOS

O mercado de TV por assinatura mudou. Operadores, programadores e canais se adaptam a um novo tempo em que a não-linearidade, a distribuição multiplataforma e novas formas de engajamento e interação entre telespectadores e conteúdos passa a ser a regra. Neste evento, uma reflexão sobre o presente e o futuro da indústria no Brasil, seus principais desafios, os caminhos que estão surgindo, as principais inovações e as tendências globais mais relevantes. Um evento organizado com a expertise e a curadoria editorial das publicações TELA VIVA, PAY-TV e TELETIME.

30 de julho a 31 de julho
WTC Events Center – São Paulo, SP, SP, Brasil
Top