Anatel vai avaliar viabilidade do plano de recuperação da Oi apresentado à Justiça

Foto: pixabay.com/pexels.com

O Conselho Diretor decidiu, nesta terça-feira, 31, pela manutenção do regime de acompanhamento econômico-financeiro especial das empresas do Grupo Oi, com ênfase na análise da viabilidade e da robustez da versão final do Plano de Recuperação Judicial, inclusive após sua eventual aprovação na Assembleia Geral de Credores, marcada para o dia 10 de novembro. Mas desistiu de contratar nova empresa de consultoria para apoiar o trabalho da Anatel.

Segundo comunicado da agência, "à agência cabe analisar a viabilidade e a robustez do Plano que vier a ser submetido à Assembleia de Credores e, a partir das conclusões dessa análise, tomar as medidas que julgar necessárias para assegurar a continuidade da prestação dos serviços essenciais ao sistema de telecomunicações".

Na parta sigilosa da reunião desta terça-feira, não foi tratado o processo que averigua a possibilidade de caducidade ou cassação da concessão e demais outorgas da empresa. Também não foi aventada a possibilidade de intervenção imediata na operadora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.