Ericsson e Vivo utilizam 5G para conectividade na Usina São Martinho

Junto com a fornecedora Ericsson, a Vivo vai fornecer a conexão e soluções digitais para o projeto 5G Smart Farming da companhia agroindustrial sucroenergética São Martinho. A tele, por meio do segmento corporativo Vivo Empresas, vai operar rede 4G na faixa de 700 MHz e 5G na faixa de 3,5 GHz para promover a digitalização de todas as operações da Usina São Martinho, em Pradópolis (SP). 

Segundo informaram as empresas em comunicado conjunto nesta quinta-feira, 29, a unidade processadora de cana de açúcar (a maior do mundo) será a primeira da São Martinho, mas há a intenção de repetir a iniciativa em outras usinas. A ideia é aumentar a eficiência de processos agroindustriais, permitindo interações mais ágeis e flexíveis entre empresas e desenvolvedores. A Vivo trará ainda projetos de aplicações de Internet das Coisas. 

O projeto foi anunciado em setembro do ano passado. Fruto da parceria da empresa do agronegócio com a Ericsson, o objetivo também era endereçar necessidade de negócios e oportunidades de ganhos em eficiência operacional e aumento de produtividade para começar a desenvolver casos de uso 5G. 

Notícias relacionadas

A rede na faixa de 700 MHz foi implantada para assegurar a ampla cobertura possível no espectro, incluindo áreas agrícolas e industriais, somando mais de 130 mil hectares. A faixa de 3,5 GHz, por sua vez, foi destinada ao uso crítico e de altíssima capacidade na sede e áreas industriais da usina, onde estão equipamentos que produzem açúcar, bioetanol e energia elétrica e os sistemas de controle destes processos que requerem um grande volume de processamento de dados. 

Há ainda a adoção de solução da Ericsson para interligar usinas por meio de micro-ondas, evitando a necessidade de levar fibra para uma das unidades em uma área densa de plantação, na qual a instalação da infraestrutura poderia ser de alto risco. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.