Publicidade
Início Newsletter Claro quer smartphone 5G a R$ 500 para acelerar adoção da tecnologia

Claro quer smartphone 5G a R$ 500 para acelerar adoção da tecnologia

Foto: Trusted Reviews)

A Claro já definiu seu próximo objetivo para acelerar a curva de adoção e consolidar a tecnologia 5G no Brasil: a disponibilidade de smartphones compatíveis ao padrão com um preço em torno de R$ 500, segundo informou o CEO da área de consumo da operadora, Paulo César Teixeira.

Em Barcelona (Espanha) para o Mobile World Congress, o executivo destacou desejo de conseguir, até o final de 2024, que aparelhos 5G nesta faixa de preço estejam disponíveis no País. Na principal feira global da indústria móvel, o pleito foi endereçado a importantes fabricantes como Samsung e Motorola, além da Qualcomm (responsável por chipsets que compõem parte relevante do preço dos aparelhos).

“Já conseguimos [smartphones na faixa de] R$ 1.000 e agora vamos para esse próximo ‘step’”, resumiu Teixeira. “A questão do aparelho é essencial porque a banda larga móvel é a principal aplicação do 5G, e tem que ter o dispositivo”.

Notícias relacionadas

Hoje, a Claro soma cobertura de quinta geração em 200 cidades brasileiras. Segundo o CEO da área de consumo, nos locais cobertos cerca de 18% da população conta com smartphones compatíveis ao 5G.

O tráfego dessa base, porém, tem alcançado uma média de 24%, atingindo patamar ainda mais elevado na cidade de São Paulo, onde o 5G já se aproxima dos 30% do volume trafegado nas redes móveis da Claro.

A migração para o 5G também ajudou a impulsionar as receitas de venda de aparelhos da Claro, que cresceram 40% no consolidado de 2023, alcançando R$ 2,1 bilhões com ajuda da nova tecnologia. “Hoje, não faz mais sentido comprar smartphone 4G, porque ele não é a prova de futuro”, observou Teixeira.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile