Publicidade
Início Newsletter Privatização das telecomunicações completa 25 anos com mais de R$ 1 trilhão...

Privatização das telecomunicações completa 25 anos com mais de R$ 1 trilhão investidos

Antena de telecomunicações. Foto: Pexels

Comemorando o aniversário de 25 anos da privatização das telecomunicações no Brasil no próximo dia 29, a Conexis Brasil Digital (que representa as principais operadoras móveis do País) destacou investimento de R$ 1,036 trilhão, em valores atualizados pela inflação, desde que o sistema Telebrás foi privatizado.

“A maior conquista do setor nesses 25 anos foi a massificação do acesso aos serviços de telecom”, afirmou, na ocasião, o presidente executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari. “Hoje todos os municípios brasileiros têm acesso a pelo menos uma tecnologia móvel, seja 3G, 4G ou 5G. São mais de 150 cidades que já têm acesso ao 5G, que acaba de completar 1 ano de operação no Brasil.

“Em 1998, o Brasil tinha cerca de 28 milhões de acessos de telecom, entre linhas fixas, TV por assinatura e telefonia móvel. Atualmente são 336 milhões de acessos, 251 milhões apenas de acessos móveis”, completou a entidade – também indicando pautas consideradas essenciais para o futuro da cadeia.

Notícias relacionadas

“Um dos maiores é a carga tributária do setor, uma das mais altas do mundo. O setor defende que a Reforma Tributária, agora em discussão no Senado Federal, leve a uma redução da carga de tributos permitindo queda no preço dos serviços e, assim, conexão de mais brasileiros”. Outros pontos considerados relevantes pela Conexis foram:

25 anos em números

Confira os números sobre a evolução do mercado de telecomunicações nos 25 anos após a privatização:

  • R$ 1,036 trilhão investidos de 1998 ao primeiro trimestre de 2023 (em valores atualizados)
  • Telefonia móvel: passou de 7,4 milhões de acessos em 1998 para 251 milhões. Crescimento de 3.309%
  • Telefonia fixa: passou de 20 milhões de linhas em 1998 para 27 milhões. Aumento de 33%
  • TV por assinatura: passou de 2,6 milhões para 12 milhões de assinaturas. Alta de 371%
  • Banda larga fixa: o serviço não estava disponível em 1998, mas em 2023 já alcançou a marca de 45,7 milhões de acessos. (Com assessoria de imprensa)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile