NII aprova venda da Nextel para Claro e dissolução da holding

A NII Holdings aprovou, em assembleia especial de acionistas realizada nesta quinta-feira, 27, a venda da Nextel Brasil para a Claro, conforme negócio de US$ 905 milhões fechado em março. Na reunião, também foi acordada a dissolução e completa liquidação da holding norte-americana – que tinha na Nextel o seu ativo remanescente. O pagamento de compensação financeira para executivos foi outro ponto aprovado pelos acionistas.

Os detentores ou representantes de 76.064.552 de ações participaram da votação (dentre um universo de mais de 101 milhões elegíveis). Destes, 69.867.847 apoiaram o desinvestimento (com 6.195.114 de votos contra e 1.591 abstenções); já 69.851.356 de votos foram contabilizados a favor da dissolução e completa liquidação da NII (com 6.205.505 contra e 7.691 abstenções).

No caso da compensação para executivos, 62.983.008 apoiaram a proposta da holding, com 12.971.851 de ações registrando voto contrário e 109.693 abstenções. Entre os executivos que devem ser remunerados no processo estão a vice-presidente da NII Holdings, Shana Smith, e o diretor financeiro, Daniel Freiman, além do atual CEO da Nextel Brasil, Roberto Rittes. No caso deste, a compensação estimada publicada pela NII em maio ronda os US$ 3,2 milhões, entre dinheiro, equity e benefícios.

A finalização da venda da Nextel Brasil deve ocorrer até o fim do ano, projeta a América Móvil (que controla a Claro Brasil). No momento, a transação está sendo analisada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que inclusive autorizou a participação de concorrentes da Claro no processo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.