Claro registra estabilidade na receita no primeiro trimestre

 Nos três primeiros meses deste ano, a Claro registrou receita líquida total de R$ 9,828 bilhões, ficando com variação negativa de 0,3% comparado com mesmo período de 2020. No balanço financeiro da operadora, divulgado nesta terça-feira, 27, a companhia ressalta que o resultado de relativa estabilidade foi conseguido apesar do cenário macro, alegando que a pandemia da covid-19 teria "contribuído para aumento de dificuldades econômicas de grande parte da população".

As receitas de serviço caíram 0,5%, ficando em R$ 9,426 bilhões no primeiro trimestre. Dentro desse recorte, o segmento fixo caiu 4,6%, totalizando R$ 5,254 bilhões. Esse recuo foi parcialmente compensado pelo desempenho da área de celular, com avanço de 5,1% e montante de R$ 4,172 bilhões. 

Segundo a Claro, esse desempenho da unidade móvel aconteceu mesmo em cenário adverso, com fechamento de "grande quantidade de lojas, menor volume de auxílio emergencial concedido às pessoas mais carentes, aumento do nível de desemprego, dentre outros aspectos que contribuíram para a redução de volume de negócios". 

Notícias relacionadas

Considerando a receita de aparelhos subiu 5,9% e ficou em R$ 275 milhões. Já o de interconexão avançou 4,1%, encerrando março com R$ 128 milhões. 

O lucro antes do juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) avançou 5,2% no primeiro trimestre de 2021, ficando R$ 4,029 bilhões. A margem EBITDA aumentou 2,2 pontos percentuais, encerrando março com 41%. A Claro atribui isso a "melhoria contínua de eficiência operacional, simplificação de processos e aceleração da transformação digital". 

Operacional

A Claro afirma ter encerrado março com 65,2 milhões de acessos móveis, dos quais 28,3 milhões eram pré-pago, aumento de 4,5%. A companhia diz que esse segmento é "uma fonte importante e qualificada para a migração de clientes". O pós-pago conseguiu avanço de 19,4%, e totalizando então 36,9 milhões (lembrando que considera já a incorporação da base da Nextel) de chips. 

Na banda larga fixa, a companhia adicionou 210 mil acessos nos últimos 12 meses. A companhia destaca o crescimento de 1,4 milhão de novos clientes em ultra banda larga (acima de 34 Mbps). A companhia não divulgou os números totais, mas a diferença de evolução indica que houve migração de velocidades.

A cobertura da Internet fixa da Claro chega a 290 cidades, dos quais 84 contam com fibra até a residência (FTTH), sendo quatro novas nesses três primeiros meses de 2021. A empresa diz que há cobertura de 1,7 milhão de homes passed. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.