Banda larga e TV paga impulsionam receita da Telefônica

A Telefônica divulgou o seu balanço referente ao seis primeiros meses do ano, período em que reportou uma receita operacional líquida de R$ 7,727 bilhões, o que é 4,8% maior que o mesmo período do ano passado. A empresa justifica o resultado com o crescimento do serviço de banda larga Speedy e pelo bom desempenho do serviço de TV paga. A margem Ebitda no segundo trimestre foi de 42,3%, apresentando um acréscimo de 2,8 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior. Na comparação com o segundo trimestre de 2007, houve um decréscimo de 0,8 p.p., que a empresa justifica pela queda das receitas de telefonia pública e assinatura e pelo aumento na contribuição ao Fust e Funtell. O resultado líquido no semestre somou R$ 1,124 bilhão, o que é 5,9% menor que no primeiro semestre do ano passado. No segundo trimestre do ano a receita operacional líquida foi de R$ 638,2 milhões, o que é 5,7% maior que o segundo trimestre do ano passado.
Em junho de 2008, o serviço de banda larga (tanto pela tecnologia ADSL como MMDS) atingiu 2,295 milhões de clientes, 6% mais que no primeiro trimestre do ano. Em relação a junho de 2007, o crescimento foi de 484 mil acessos ou 26,7%. Em agosto de 2007 a Telefônica lançou seu serviço de TV paga que gerou receita de R$169,9 milhões no primeiro semestre do ano. A empresa atingiu 346.894 clientes em 30 de junho de 2008, um crescimento de 23,2% em relação ao primeiro trimestre de 2008.

Pane

Notícias relacionadas

A Telefônica estimou perdas da ordem de R$ 24 milhões na receita operacional de julho pela interrupção do Speedy durante 36 horas. A empresa compensará os assinantes por 120 horas como forma de compensação. Além dos assinantes residências, a interrupção do serviço atingiu órgãos públicos e empresas, cuja negociação está sendo feita caso a caso. Portanto, as perdas serão ainda maiores, conforme forem saindo os acordos com as grandes empresas e os órgão públicos, que poderão inclusive executar multa, se previstas em contrato. "Já foram iniciados diálogos com clientes e órgãos governamentais para definir as compensações aplicáveis, de acordo com as disposições contratuais e comerciais estabelecidas", informa a empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.