Tamanho do backbone da Intelig será dobrado até 2014

Ao adquirir no início de 2009 o cobiçado backbone da Intelig, com 16 mil quilômetros e uma rede metropolitana presente em 18 capitais brasileiras, a TIM deu um passo importante para se tornar mais competitiva e acelerar sua estratégia de oferta de serviços de dados. Porém, para a operadora isso não é suficiente e o plano agora é ampliar, até 2014, a extensão deste backbone para 32 mil quilômetros, segundo informou a este noticiário o responsável pela área de Planejamento de Redes de Transporte da Intelig, Nilson Machado.
Segundo o executivo, esse projeto será cumprido em três etapas. Em 2010, primeira fase da ampliação da rede, o investimento se deu principalmente na parte de eletrônica do backbone (roteadores, switches, multiplexadores) e a ampliação da malha óptica foi de apenas 1 mil quilômetros. "Nosso foco neste ano não foi o de expandir o tamanho da rede, mas de aumentar sua capacidade, com tecnologia de DWDM de última geração, enfim, torná-la adequada para o tráfego de dados", explica. Ele lembra que o backbone da Intelig foi construído, a partir de 2000, com plataforma de rede óptica síncrona (SDH), com foco para o provimento de serviços de voz. "Além disso, as rotas estavam limitadas em 10 Gbps, hoje essa capacidade é de 80 canais com 40 Gbps, cada", acrescenta.
Capilaridade
Outro gargalo da infraestrutura legada, segundo Machado, é a baixa capilaridade da rede de acesso, até pelo fato de a Intelig ter nascido como uma provedora de serviços para o setor corporativo, ou seja, mais presente em regiões com maior concentração de empresas. "A rede móvel é bem mais espalhada, o usuário está no centro da cidade, se desloca para o subúrbio e não pode cair a ligação".
A TIM investiu até agora cerca de R$ 2,5 bilhões em sua rede e até o final de 2010 pretende investir mais R$ 1 bilhão. "Não temos a pretensão de ter a maior rede, mas a de melhor qualidade. Nossa meta é crescer estrategicamente e com qualidade", finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.