Otávio Rodrigues é o relator da revisão do Regulamento de Bens Reversíveis

Par de cobre

A proposta de um novo regulamento de bens reversíveis já está no conselho diretor, e o relator da matéria será o conselheiro Otávio Rodrigues. A discussão do regulamento é importante porque existem vários casos que estão chegando ao conselho diretor que tratam de casos pontuais de diferentes concessionárias, mas com tendências de encaminhamento e voto bastante divergentes. O presidente da Anatel, Juarez Quadros, está pedindo vistas destes casos para tentar unificar um entendimento. Um dos casos foi o do terreno da Oi na estrada Velha de Nova Iguaçu, em que o conselheiro Leonardo Euler já se manifestou, de maneira bastante diferente de como o conselho vinha se manifestando.

Segundo apurou este noticiário, apesar de ser um jurista e procurar fazer seus votos sempre com uma ampla análise doutrinária e principiológica, Otávio Rodrigues não deve deixar de considerar que o debate dos bens reversíveis hoje representa uma discussão econômica de bilhões, que pode afetar todo o setor de telecomunicações nos próximos anos. Existe um entendimento de que a conceituação de bens reversíveis em telecomunicações é frágil e inadequada para a realidade do setor. O conselheiro está iniciando as conversas com a área técnica da agência e a expectativa é de que o assunto seja colocado a voto na Anatel ainda no primeiro semestre, mesmo que não haja consenso entre os conselheiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.