Minicom aprova projetos de redes de R$ 1,1 bilhão pelo REPNBL

O Ministério das Comunicações aprovou projetos no valor total de R$ 1,1 bilhão para construção de redes, com as isenções previstas no Regime Especial de Tributação do Programa Nacional de Banda Larga para Implantação de Redes de Telecomunicações (REPNBL). O maior desembolso virá da TIM, que aplicará R$ 950 milhões em redes de acesso móvel e sistemas de comunicação por satélite em todos os estados do País.

A Claro teve projetos aprovados no valor R$ 181 milhões para redes de transporte ótico e sistema de comunicação para satélites na Paraíba. E a Oi, investirá mais R$ 4,1 milhões em rede de transporte ótico no Paraná. Outros R$ 1,5 milhão serão aplicados pela TPA Telecomunicações em rede de acesso ótico em Santa Catarina.

Os projetos aprovados foram publicados na edição desta segunda-feira, 19, do Diário Oficial da União. As propostas da TIM são as primeiras aprovadas com os benefícios do REPNBL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.