Governo corta pela metade os gastos com telefonia

O Ministério do Planejamento anunciou nesta segunda-feira, 19, que o governo federal conseguiu economizar R$ 66,6 milhões com a redução de despesas de custeio administrativo com telefonia em 2015. O valor corresponde à diferença de gastos obtida na comparação entre janeiro e agosto de 2014, que somou R$ 129,7 milhões, e o valor deste ano, que foi de R$ 63,1 milhões no mesmo período de comparação.

"Este é um importante reflexo do esforço que o governo federal tem feito para reduzir gastos, aumentar a eficiência e combater o desperdício na administração pública", disse o secretário de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Cristiano Heckert. Para ele, um dos prováveis motivos para a diminuição dos custos foram as contratações conjuntas de telefonia realizadas em 2014.

Dando continuidade às ações da reforma administrativa para racionalização e redução dos gastos dos órgãos e das entidades da administração pública direta, autárquica e fundacional, foi publicado esta semana o Decreto nº 8.540, que estabelece novas regras para a utilização de telefones celulares corporativos e outros dispositivos como telefonia fixa.

Pela nova norma, os ministros somente poderão gastar R$ 500 com as contas mensais da telefonia móvel, tablets e minimodems. Para funcionários menos graduados, o limite é de R$ 150 mensais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.