Guidance da Oi para 2013 prevê R$ 29 bilhões em receita líquida de serviço

Junto com os resultados do balanço financeiro referente ao último trimestre de 2012, a Oi divulgou também suas projeções para desempenho futuro (guidance) para 2013. De acordo com a empresa, neste ano a companhia deverá ter entre 75 milhões e 76,5 milhões de unidades geradoras de receita (UGR) e acumulará entre R$ 28 bilhões e R$ 29 bilhões de receita líquida de serviço. Já o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) deverá fechar o ano com de R$ 9 bilhões a R$ 9,8 bilhões.

A relação entre dívida líquida e EBITDA deverá ser "menor ou igual a três vezes". Em 2012, essa relação ficou em 2,87 vezes; contra 2,8 vezes previstas e contra 1,9 vez registrada em 2011. Por sua vez, o Capex (investimentos) programado para 2013 será da ordem de R$ 6 bilhões, mesmo valor previsto no guidance anterior para 2012.

A Oi considera nas projeções a premissa de que o valor médio do dólar norte-americano neste ano ficará em R$ 2,02 e que a taxa média da Selic será de 7,42%.

A companhia reitera que continua com sua política de remuneração aos acionistas e que a administração irá propor em assembleia geral o pagamento de R$ 1 bilhão adicional referente ao exercício de 2012 em complemento aos valores já pagos em agosto de 2012. Em dezembro, a Oi afirmou que havia pago R$ 2 bilhões em maio do mesmo ano, com previsão de pagamento de dividendos de R$ 8 bilhões até 2015.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

I accept the Privacy Policy

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.