Negros representam 46% dos novos trainees selecionados pela Vivo

[Publicado no Mobile Time] A Vivo selecionou 43% de profissionais negros para preencher as 30 vagas da edição 2021 do seu programa de trainees, ou seja, 13 posições. De acordo com a operadora, 41 mil pessoas se inscreveram para entrar na empresa. Inicialmente, a expectativa no começo do processo era atrair 30% (10 postos de trabalho). Contudo, a companhia encontrou profissionais acima do esperado e conseguiram alcançar os 43%.

Feita no final de 2020, a seleção foi 100% online. Nos testes, o idioma inglês não foi exigido, mas a companhia considerou: diversidade de gênero; raça; curso de formação; universidade; além de diferentes localidades.

No período de escolha, a Vivo ainda ensinou os participantes sobre metodologias ágeis Scrum e OKR. A ideia era que os concorrentes saíssem do processo com aquisição de conhecimento.

Notícias relacionadas

Atualmente, a operadora possui 26% de profissionais negros em seu quadro de funcionários, ou 8,5 mil dos 33 mil colaboradores. A maioria desses trabalhadores estão nas divisões de engenharia e lojas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.