Qualcomm demite 1,3 mil trabalhadores de sua sede nos EUA

A Qualcomm enviou um ofício para os trabalhadores da empresa na unidade de San Diego, Estados Unidos. A informação foi publicada no jornal local The San Diego Union Tribune, que teve ao documento de demissão dos funcionários. O documento segue o padrão exigido da lei trabalhista norte-americana de demissões em massa, o Worker Adjustment and Restraining Act (Warn), com um aviso aos trabalhadores 60 dias antes do corte.

Ao todo, 1.314 funcionários serão desligados da companhia norte-americana na unidade californiana, como parte do processo de reestruturação da Qualcomm no mercado de smartphones. Além dessas demissões, outras 158 foram feitas na unidade de Bolder, 130 em São Francisco e 65 e Andover. O último dia dos funcionários deve ser no dia 20 de novembro.

A Qualcomm possui 15 mil funcionários na unidade de San Diego. Eles pretendem cortar US$ 1,4 bilhão em custos anuais com a redução de 15% de seu quadro de funcionários. No mundo, a fabricante de processadores possui uma força de trabalho de 31.300 funcionários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.