Apple ficou com 92% do lucro dos fabricantes com smartphones

Entre os oito principais fabricantes de smartphones do mundo, a Apple abocanhou 92% do lucro operacional gerado nesse segmento de mercado no primeiro trimestre deste ano, o que representa um aumento de 65% na comparação com o ano anterior, de acordo com a Canaccord Genuity, empresa de investimentos que opera com empresas listadas em dez bolsas de valores no mundo.

Ainda segundo a companhia, em segundo lugar aparece a coreana Samsung Electronics, que amealhou 15% do lucro operacional. A Canaccord observa que cerca de mil empresas fabricam smartphones no mundo. Ou seja, Apple e Samsung ficaram com mais de 100% dos lucros da indústria, o que leva à dedução de que os demais fabricantes estão perdendo dinheiro ou em vias de quebrar.

Alguns dados revelados na semana passada compravam a situação financeira desequilibrada dos fabricantes de smartphones. A Apple, por exemplo, solicitou a seus fornecedores um número recorde de novos modelos do iPhone. Enquanto isso, a Samsung fez uma previsão de lucro para o segundo trimestre decepcionante; a HTC divulgou um prejuízo trimestral; e a Microsoft realizou uma baixa contábil de 80% no valor da Nokia, adquirida no ano passado.

A Canaccord diz que a participação da Apple no lucro do segmento é notável, considerando principalmente que ela responde por menos de 20% das remessas de smartphones em termos de vendas unitárias. A disparidade, segundo a empresa, reflete a capacidade da fabricante de manter preços mais elevados para seus smartphones. Os rivais da Apple, em sua maioria, usam o sistema operacional Android, do Google, o que torna mais difícil para eles distinguir suas ofertas, levando muitos a uma competição feroz por preços.

O fato é que muitos fabricantes de smartphones alinhados com o Android estão presos a modelos muito baratos e marcas de alto volume, como da chinesa Xiaomi. Mesmo a Samsung, que por um tempo encontrou o sucesso produzindo smartphones para todas as faixas de preço, agora está sofrendo. Na semana passada, a companhia disse que prevê uma queda no lucro na dilvulgação do balanaço do segundo trimestre, a sétima consecutiva.

Os resultados, segundo a Canaccord, demonstram que o lucro está se deslocando rapidamente no negócio de smartphones. A Apple fez uma transformação no mercado com o lançamento do iPhone em 2007. Naquela época, a finlandesa Nokia detinha cerca de dois terços dos lucros da indústria de smartphones, estima a empresa. Mas, no fim daquela década, Apple e BlackBerry já havia ultrapassado a Nokia. Em 2012, Apple e Samsung passaram a dividir os lucros da indústria (50% a 50%). Agora, a Apple assumiu a dianteira, e muitos analistas acreditam que seu domínio será muito difícil de superar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.