Claro deve integrar pacotes quad-play da Net/Embratel nos próximos meses

A telefonia móvel da Claro deve, finalmente, integrar os pacotes de serviços da Net e da Embratel nos próximos meses, compondo a oferta quad-play juntamente com telefonia, banda larga e TV por assinatura das empresas do grupo América Móvil, do mexicano Carlos Slim.
"Teve de ser feito todo um trabalho prévio de engenharia, integração de redes e de desenho de produto para oferecermos um serviço de forma mais integrada", revela o presidente da Claro, Carlos Zenteno. A integração permitirá inclusive, de acordo com o executivo, o acesso a conteúdos da Net em dispositivos móveis da Claro.

Integração das redes

Há três anos, segundo Zenteno, as três empresas do grupo mexicano vêm trabalhando na integração das suas infraestruturas em uma engenharia única de rede dos cerca de 89 mil km de fibras ópticas. "O que posso dizer é que as companhias continuarão por enquanto como unidades de negócio separadas, mas alinhadas com relação a sinergias e com diretrizes conjuntas", disse o executivo quando perguntado se as companhias seriam fundidas em uma única empresa com a aprovação do PLC 116. Outra medida conjunta é a migração das redes para uma arquitetura 100% IP.

Investimentos

A Claro prevê investimentos de R$ 10 bilhões no Brasil até 2012, boa parte dos quais para redes, e a ideia é investir na melhoria da qualidade dos serviços. "Temos um plano de longo prazo de foco na qualidade da rede e dos serviços para o Brasil e a reconquista da vice-liderança no mercado de telefonia móvel será uma consequência disso", prevê.
A Claro planeja ainda aumentar sua cobertura 3G das atuais 575 cidades para mais de 1 mil municípios até o final do ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.