Siemens troca o comando no Brasil após auditoria interna

O grupo alemão Siemens trocou repentinamente seu comando no Brasil. Paulo Ricardo Stark assumiu nesta terça-feira 11 a presidência regional da companhia no lugar de Adilson Antônio Primo, demitido após auditoria interna constatar “grave contravenção das diretivas” da empresa. Em nota a matriz da companhia informou que a queda de Primo ocorreu por conta de problemas ocorridos em 2007. Segundo apurou este noticiário, os problemas não envolveriam o setor de telecomunicações, até porque na ocasião os negócios em telecom já haviam sido transferidos para a Nokia Siemens Networks. A Siemens, desde então, manteve forte atuação no segmento de energia e tecnologias aplicadas à medicina e saúde, além de um braço de TI (Atos Origin), automação industrial e equipamentos domésticos (aparelhos de telefone e equipamentos de segurança).

Procurada pela reportagem a empresa, por meio de sua assessoria de imprensa, disse que se pronunciaria apenas por meio de nota, mas deixou claro que as investigações internas sobre o caso ainda estão em andamento. O fato pode gerar novas mudanças no alto escalão da empresa de tecnologia e engenharia.

Perfil

Paulo Ricardo Stark é engenheiro elétrico com carreira internacional. O executivo passou pela subsidiária mexicana da Siemens e trabalhou também para a matriz, na Alemanha. Recentemente Stark ocupou a diretoria de uma unidade de negócios do setor de industrial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.