Claro defende acesso a dados para melhorar gestão da energia

Marina Brandão, da Claro

A gerente de Planejamento Energético da Claro, Marina Brandão, defendeu um acesso aos dados das medições de consumo de energia. Segundo ela, para evoluir para um novo estágio da inovação do setor é preocupante a forma de como são disponibilizados os dados. "Hoje se fala muito em smart grid, os medidores inteligentes, é necessária a comunicação de quem vai pagar por eles, isso precisa ficar claro, também não precisa ter sobreposição de medidores, não faz sentido e, principalmente, para a transição a uma nova era precisamos dos dados", disse.

Marina afirma que não adianta ter plataformas de migração, gestão e inúmeras soluções, se não se tem acesso aos dados. "Hoje o que a gente tem na prática são faturas no final do mês, que eu tenho de montar uma estrutura para leitura, para saber o quanto eu estou compensando de crédito de geração distribuída naquela fatura, para fazer a gestão, sendo que a gente poderia ter uma comunicação mais ágil, poderia ter um acesso dos dados dos clientes mais fácil', reclama.

Para a gerente da Claro, nesse tipo de relacionamento ainda é preciso evoluir muito para conseguir pensar nos próximos níveis, no veículo elétrico, nas baterias. "Esse é o primeiro passo que precisa ser endereçado", completou. Marina participou, nesta quarta-feira, 9, de painel do 5X5 Tec Summit.

Notícias relacionadas

O evento 5×5 TEC Summit é organizado pelos portais Tele.Síntese, Convergência Digital, Mobile Time, Teletime e TI Inside, com a proposta de debater a modernização de cinco setores essenciais para a economia brasileira. O evento acontece nesta semana, diariamente, até 11 de dezembro. Amanhã, dia 10, a discussão será sobre finanças. Dia 11, se encerra com uma discussão sobre o impacto da tecnologia na indústria de entretenimento. Inscreva-se gratuitamente. As apresentações passadas, sobre os setores de governo, saúde e eletricidade já estão disponíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.