Identidade móvel e NFC: novas prioridades da GSMA

A GSM Association (GSMA) realizou esta semana pela primeira vez na América Latina uma reunião mundial do seu conselho. O encontro aconteceu no Rio de Janeiro na última segunda-feira, 8, na véspera da Futurecom, e teve entre os principais temas discutidos o uso do SIMcard como instrumento de identificação de pessoas (mobile identity) e a padronização do NFC (Near Field Communications), tecnologia de comunicação por aproximação.

"O NFC será a próxima onda de inovação no mundo", disse o chairman da GSMA, Franco Bernabè. "Trabalhamos muito para padronizar uma solução baseada no SIMcard que vai viabilizar não apenas pagamentos móveis, mas vários outros serviços", disse o executivo. Por sinal, o uso do NFC para pagamentos móveis será tema de um evento da GSMA em Milão este mês.

Na reunião, os membros do conselho da GSMA também analisaram as melhores práticas de uso do celular para identificação de usuários. "O telefone celular está sendo usado cada vez mais não apenas para identificação, mas também para votações. O SIMcard é uma das mais seguras formas de identificação. Em 20 anos, sua segurança nunca foi quebrada", disse Bernabè.

Espectro

Como de praxe, os representantes da GSMA defenderam a alocação da faixa de 700 MHz para serviços móveis na América Latina. A respeito da alegação de possível interferência sobre a transmissão de TV digital, um técnico da entidade afirmou que isso ainda não estaria comprovado e que em mercados europeus como a Suécia e a Alemanha nenhuma interferência foi verificada até o momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.