Plenário da Câmara rejeita pedido de urgência de votação do PL das Fake News

O plenário da Câmara dos Deputados rejeitou o requerimento de "urgência urgentíssima" de apreciação do projeto de lei 2.630/2020, o PL das Fake News. Foram 249 votos favoráveis ao requerimento e 207 contrários. Pelo regimento, eram necessários 257 votos a favor do pedido de urgência. A base do governou votou contra o texto.

Nesta quarta, as redes sociais foram tomadas por um debate entre os favoráveis e contrários à proposta. A Coalizão Direitos na Rede (CDR) lançou nota defendendo a retirada da ampliação da imunidade parlamentar nas redes e da remuneração de conteúdo jornalístico, que constam no substitutivo apresentado pelo deputado Orlando Silva (PCdoB-SP).

As big techs fizeram uma ampla campanha contra a proposta, o que foi chamada de "chantagem" por Orlando Silva. Agora, resta saber quais serão os próximos acordos para que a proposta entre em debate no plenário da Câmara.

Notícias relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.