WiFi 6E passará dos 300 milhões de equipamentos ativos até o final de 2021

[Publicado originalmente no Mobile Time] Até o final de 2021, 338 milhões de dispositivos aptos ao WiFi 6E terão entrado no mercado. A previsão é da Wireless Broadband Alliance (WBA) A associação espera que no ano que vem 83% dos provedores de serviços e fabricantes de equipamentos de rede adotem o novo padrão de redes sem fio.

Estudo feito com 121 membros da WBA revela que 41 países já implementaram o WiFi 6E. Mais da metade (56%) dos respondentes disseram que estão mais confiantes com a tecnologia em comparação com 2020, assim como veem o WiFi como estratégia importante para seus negócios (58%).

Atualmente, 43% dos entrevistados participam em programas de WiFi para cidades, sendo que 70% deles planejam adotar o roaming – que permite migração entre pontos de rede sem necessidade de colocar senha.

Notícias relacionadas

Um caso de roaming citado pela associação wireless é da Boingo no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP) em outubro de 2020. Passageiros, trabalhadores e outros usuários acessam a rede (disponibilizada gratuitamente) sem digitar várias vezes o login e senha.

Padrão de equipamentos do caso de uso no Aeroporto de Guarulhos que contou com equipamentos da Cisco e celulares Samsung S21 para os funcionários

Próxima geração

O estudo da WBA também traz um parecer sobre o WiFi 7 (802.11be), o padrão de conectividade que está sendo desenvolvido pelo IEEE e permitirá conexão de até 30 Gbps – para comparação, o Wi-Fi 6E atinge até 20 Gbps. A ideia é que esse novo WiFi atue com aplicações pesadas, como vídeos em 8K, realidade virtual, jogos online e conectividade em industriais.

Se correr tudo dentro do prazo estipulado, o novo padrão será publicado em maio de 2024 e os primeiros equipamentos chegarão ao mercado em meados de 2025. Importante dizer que pode haver atrasos devido ao trabalho de coexistência do WiFi com redes celulares, em especial na frequência de 5 GHz usada para aceleração de redes LTE.

Cronograma do Wi-Fi 7 pelo IEEE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.