Com presença no Brasil, IHS Towers inicia IPO na Bolsa de Nova York

A operadora de torres e infraestrutura IHS Towers iniciou uma oferta pública inicial de ações (IPO) na NYSE, a Bolsa de Nova York. A empresa tem realizado aquisições no Brasil e é parceira industrial da TIM na expansão de redes de fibra óptica.

No pedido protocolado na última segunda-feira, 4, a IHS apontou uma oferta de 22,5 milhões de ações ordinárias, sendo 18 milhões próprias e 4,5 milhões, disponibilizadas por determinados acionistas. A faixa de preço indicada foi entre US$ 21 e US$ 24.

A empresa espera levantar ao menos US$ 380 milhões com a oferta, que ainda poderá ter lote adicional de 2,7 milhões de ações próprias e 675 mil de acionistas. Como a IHS totaliza mais de 330 milhões de papéis, a empresa pode sair do IPO avaliada em mais de US$ 7 bilhões.

Notícias relacionadas

Brasil

Com 30 mil torres em países da África, América Latina e Oriente Médio, a IHS somava 2.419 torres no Brasil até o fim de 2020 – o que a classificava como quinto maior operador independente de torres do País, segundo a própria empresa

Já com as aquisições da Skysites (janeiro) e da Centennial Brazil (em abril), 1.005 e 602 novas estruturas foram somadas, podendo levar a presença para cerca de 4 mil torres, segundo dados do prospecto preliminar do IPO.

Nos seis primeiros meses de 2021, a IHS somou lucro de US$ 76 milhões, após receita de US$ 763,5 milhões em todo o mundo, sendo a maior parte oriunda da Nigéria. Na América Latina, foram US$ 24,7 milhões faturados em seis meses (a empresa ainda opera na Colômbia e Peru).

Entre os principais acionistas da IHS estão a multinacional de telecom MTN e os fundos de private equity Wendel e ECP. Já Goldman Sachs, Citigroup e J.P. Morgan serão os coordenadores do IPO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.