Vivo comemora resultados e quer manter liderança do mercado móvel

A operadora Vivo comemorou, em nota oficial, o resultado obtido pela empresa no primeiro dia do leilão de 5G. A empresa arrematou quatro blocos na faixa de 2,3GHz e dois blocos na 3,5 GHz. Segundo a nota, " a empresa se concentrou em áreas de interesse estratégico para ampliar, ainda mais, a atuação nas regiões Norte, Centro-Oeste e Sudeste. No total, foram investidos R$ 966,7 milhões até o momento", diz a empresa, indicando que ainda pode investir na faixa de 26 GHz que será licitada nesta sexta, 5. Confira as faixas adquiridas pela Vivo:

  

Notícias relacionadas

Frequência

Lote

Bloco

Região

Valor

3.500MHz

B2

80MHz

Nacional

R$ 420.000.000,00

3.500MHz

D35

20MHz

Nacional

R$ 80.337.720,46

2.300MHz

E7

50MHz

Sudeste (exceto SP)

R$ 176.400.000,00

2.300MHz

F1

40MHz

Norte

R$ 29.000.000,00

2.300MHz

F3

40MHz

São Paulo

R$ 231.000.000,00

2.300MHz

F5

40MHz

Centro-Oeste

R$ 30.000.000,00

 

"Vamos promover, de forma acelerada, o acesso digital para o maior número de pessoas e empresas em todo o país. Ter uma posição de protagonista no leilão está em linha com o nosso propósito de digitalizar para aproximar e, assim, entregaremos ainda mais valor para os acionistas, colaboradores, clientes e parceiros", diz Christian Gebara, CEO da Vivo. Para ele, o 5G tem potencial para mudar de forma considerável a forma como vivemos e como as empresas fazem negócios. "Em sua máxima potência, poderá entregar altíssimas velocidades de internet, latência ultrabaixa, maior confiabilidade e disponibilidade, além da capacidade para conectar massivamente um número significativo de aparelhos", completa.

A empresa vem investindo, anualmente, cerca de R$ 8 bilhões no Brasil e tem 97 milhões de acessos. Os principais focos da empresa são, segundo a nota oficial, levar a fibra até a casa e empresa do cliente e consolidar ainda mais a liderança na rede móvel, onde já é líder com 33%.

Deixe seu comentário